Piano | Piano Acústico | Piano de Cauda | Piano Digital | Piano Kawai | Piano Vertical
Voltar

João Carlos Martins

Recomenda Piano Fritz Dobbert Ansiosamente, o público aguarda. A Orquestra entra, se curva, o Spalla se apresenta enquanto corações eufóricos esperam a entrada do Maestro. Sorrindo, João Carlos Martins caminha em direção a seu posto, ao som das palmas da platéia fiel. Se vira para sua Orquestra, fecha seus olhos num gesto de concentração, ao mesmo tempo que ergue as mãos sem a batuta e, como num transe, invoca a música que envolverá as pessoas que ali têm o privilégio de estar presentes. Neste concerto, igual a todos os outros que regeu, João Carlos Martins não pôde olhas as partituras, havia passado horas decorando aquelas notas.

Antes de se tornar Maestro, João Carlos Martins lutava contra a frustração de ter parado sua principal atividade, o piano.

- “Eu estava sem rumo, em 2003, já sabendo que não poderia mais tocar nem com a mão esquerda. Sonhei então, que estava tocando piano, com o Eleazar de Carvalho, que me dizia:

- vem para cá, que eu vou te ensinar a reger”, disse numa entrevista.

Sabia, porém, que não seria uma mudança fácil, já que suas mãos jamais conseguiriam segurar uma batuta ou mesmo virar as páginas de uma partitura.

- “São milhões de notas e tudo isso eu sempre tive totalmente memorizado, enquanto era pianista. E, agora comecei minha vida na regência, então, estou começando tudo de novo, estou correndo atrás do prejuízo, já que nunca regi na vida”, conta em outra entrevista.

Seu perfeccionismo como pianista transborda na sua vida de Maestro.

Todos os dias, caminha estudando partituras, sobe e desce os degraus de seu apartamento, no carro, na sala, em jantares, almoços, suas mãos estão sempre acompanhando o ritmo que insiste em percorrer sua mente.

Seus dois primeiros CDs como Maestro, já lançados no Brasil e no mundo, mostram com nitidez a perfeição que João Carlos busca em todas suas obras.

Sempre marcado por Johann Sebastian Bach, João Carlos gravou em 2004 “The Brandenburg Concertos” em Londres na Igreja St. Jude, com a aclamada English Chamber Orchestra.

O CD “Orchestral Suites” , seu disco com a Bachiana Chamber Orchestra, foi gravado no Colégio Humbold em São Paulo, em dezembro de 2004.

E no final de alguns concertos, quando sua mente e seus dedos entram em rara sintonia, ele anuncia que tentará tocar o piano por poucos minutos. Os quatro dedos que encostam no piano aguentam 4 longos minutos, nos quais o público aproveita para derrubar algumas lágrimas de emoção. É nítida a dor que João Carlos sente, física talvez, mas mais forte pelo carinho que sempre terá pelo instrumento que tanto respeitou...

Texto extraído de: http://www.joaocarlosmartins.com.br/biografia/Default.aspx (20/04/2007)

Entre em contato conosco

11 3973.7900
Fale Conosco
Cadastre-se

Para ver este conteúdo, preencha o formulário abaixo:

Fechar
Cadastre-se

Antes de acessar, fale um pouco mais sobre você!

Fechar